O salário do trabalhador intermitente para o ano de 2022 ainda não foi oficialmente divulgado, contudo, é importante se preparar para os possíveis valores.  Por isso, confira as informações sobre o assunto.

O trabalho intermitente surgiu com o intuito de regulamentar a prestação de serviços com períodos inativos, antes chamada de bico. 

Sendo assim, é importante compreender os direitos e normas para evitar riscos trabalhistas tanto para o empregador quanto para o empregado. 

Por isso, a regulamentação do salário do trabalhador intermitente é essencial para garantir a segurança do empregado.

Confira neste texto um pouco mais sobre os direitos e deveres referente ao salário do trabalhador intermitente!

Trabalho Intermitente

Antes de tudo, cabe ressaltar que o contrato de trabalho intermitente é a prestação de serviço com períodos de inatividade, independentemente do tipo de atividade do empregador ou empregado.

Essa modalidade de contrato está prevista na legislação desde a reforma trabalhista de 2017.

Direitos do trabalhador intermitente

O trabalho intermitente foi instaurado como uma alternativa para regulamentar os famosos “bicos”, garantindo um trabalho formal para grande parte da população que antes trabalhava dessa maneira. 

Dessa forma, os direitos trabalhistas do contrato intermitente se assemelha ao do contrato sem períodos de inatividade.

Veja a seguir:

  • 13º equivalente;
  • FGTS;
  • Férias;
  • Salário mínimo.

Como é feito o pagamento do trabalhador intermitente?

Conforme a Reforma Trabalhista, o empregado intermitente recebe o pagamento ao fim do período de prestação de serviço.

§ 6º Ao final de cada período de prestação de serviço, o empregado receberá o pagamento imediato das seguintes parcelas:

Além disso, as verbas de pagamento são fixas, em todas as prestações de serviços o empregador paga o salário, férias, 13º proporcional e descanso semanal. 

Contudo, adicionais legais como horas extras e noturno, não são fixas porque dependem da necessidade de demanda.

O trabalhador intermitente recebe algum salário no período de inatividade?

Conforme a Reforma, o empregado intermitente não recebe nenhum salário durante os períodos de inatividade.

Ou seja, nesse tipo de contrato, o funcionário só recebe o salário quando convocado para prestação de serviço, tornando-se uma alternativa interessante para o empregador.

Projeção para salário do trabalhador intermitente em 2022

A projeção do salário do trabalhador intermitente em 2022 se baseia na hora do salário mínimo para o próximo ano.

De acordo com a projeção para 2022, o salário será R$ 1.147,00, visto pela LDO, valor acordado com base nas variações da inflação.

A justificativa desse valor vem do (INPC) Índice Nacional de Preços ao Consumidor, que avalia os preços dos itens básicos de alimentação, combustíveis e energia.

Atualmente, o salário mínimo não pode ser inferior a R$5,00 a hora. Mas não se preocupe! Assim que tivermos o valor oficial iremos compartilhar com você!

Como o TIO pode ajudar na gestão de otimização destes contratos?

O TIO é uma plataforma eficiente para a gestão e otimização dos processos com seu funcionário intermitente. 

Com ele é possível registrar as horas de trabalho, convocar funcionários e acessar informações exclusivas sobre o contrato de trabalho, além de emitir recibos.

Por isso, não fique de fora dessa, aposte no futuro da gestão intermitente.

Comece agora e conheça o melhor da tecnologia para o seu dia a dia!


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.