O Covid-19 com certeza deixará algumas marcas por todo o país, com isso o cenário pós pandemia para o contrato intermitente fatalmente passará a ser visto com outros olhos.

A necessidade de flexibilização das formas de trabalho, com antecipação de férias, feriados, redução da jornada de trabalho e salário, suspensão dos contratos, só deixam mais em evidência que o modelo convencional de contrato de trabalho esteja um pouco ultrapassado.

Curioso para saber o que o cenário pós pandemia trás para os contratos intermitentes? Continua lendo e tire todas suas dúvidas. Boa leitura!

cenário pós pandemia para o contrato intermitente

Trabalho Intermitente

Tendo sido alvo de críticas, muitas vezes, o trabalho intermitente é a modalidade no qual o empregado, mesmo tendo vínculo empregatício com a empresa, não presta serviço regularmente.

Não é como suspender o contrato ou reduzir a jornada de trabalho, como tem sido feito agora na pandemia, autorizado pela MP 936. O contrato intermitente tem como sua principal característica a não regularidade da prestação de serviço e alternância entre períodos de trabalho e inatividade.

Desta forma, fica de inteira responsabilidade da empresa convocar o funcionário, sempre que haja necessidade da sua mãe de obra. O funcionário por sua vez, pode optar por aceitar a convocação ou não.

Existem regras bem determinadas para esse tipo de contrato, contudo, num resumo breve, podemos notar que sua maior característica é a flexibilização. E se tem algo que a pandemia nos ensinou foi a necessidade de flexibilizar.

Como fica o cenário pós pandemia para o contrato intermitente

Longe de tentarmos fazer qualquer tipo de previsão mirabolante e nos baseando em números, podemos adiantar que o cenário pós pandemia para o contrato intermitente é favorável para tal.

A peça que faltava pro seu negócio está aquiPowered by Rock Convert

Veja que, o que aprendemos até aqui diz respeito sobre a flexibilização das leis trabalhistas, antecipação de férias, suspensão de contratos, autorização da redução da jornada de trabalho e redução salarial, home office e outras situações das quais as empresas tiveram que se adequar a nova realidade.

Atualmente o setor de serviços é o que mais tem contratado trabalhadores intermitentes e começamos a observar que mesmo as grandes multinacionais estão seguindo essa tendência e revendo sua forma de contratar.

Afinal, ter a opção de solicitar mão de obra apenas quando necessário e pagar sempre proporcional a isso é o que tem colocado brilho nos olhos de muitos gestores.

Posso alterar contrato por prazo indeterminado para intermitente?

Não, a lei não permite esse tipo de mudança no contrato, no entanto, se houver rompimento de contrato, por parte da empresa, no modelo indeterminado, é possível uma recontratação pelo contrato intermitente.

O grande detalhe é que nessas circunstâncias, o empregador deverá respeitar o período de 90 dias após a demissão para que seja feito o novo contrato no modelo intermitente.

Precisa de ajuda nesse processo?

O TIO Digital te ajuda a lidar com toda a convocação e gestão dos funcionários intermitentes. Hoje, no Brasil, não há nenhuma ferramenta que auxilie nesse processo.

Por isso, aproveite as tendências de crescimentos para esse modelo de contrato, que a pandemia tem potencializado ainda mais, e utilize a gestão de trabalhadores intermitentes em seu negócio.

Agende agora uma reunião com a equipe de vendas e tire todas suas dúvidas!

Minuta de Contrato de Trabalho IntermitentePowered by Rock Convert

Samanta Cardoso Martins

Produtora de conteúdo no blog TIO Digital. Acadêmica em Design Think pela ESAMC. Designer Digital por formação pela Universidade Anhembi Morumbi com mestrado em Comunicação e Cultura pela UNISO. Especialista em CRO e Produção de Conteúdo pela Rock Content.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *