...

Como fazer o Cálculo do Salário-Família no Emprego Intermitente?

Saber como fazer o cálculo do salário-família no emprego intermitente é essencial nos casos em que o colaborador tiver dependentes que se encaixam nos critérios. Em 2023, o valor do salário-família é de R$59,82 por filho.

O trabalho intermitente é uma modalidade de trabalho relativamente nova, formalizada em 2017 a partir da Lei 13.467. Por isso, muitos contratantes da modalidade ainda têm dúvidas quanto aos direitos dos trabalhadores intermitentes.

Um deles é o salário-família para colaboradores intermitentes que possuem dependentes dentro dos critérios estabelecidos. Neste caso, entende-se que devem receber um valor adicional todos os meses a fim de ajudar na manutenção das crianças.

Por isso, caso solicitado, é importante que o empregador saiba como fazer o cálculo do salário-família no emprego intermitente. Quer saber tudo sobre? Então fique com o TIO Digital até o final e boa leitura!

como fazer o calculo do salario-familia no emprego intermitente

O que é salário-família?

O salário-família é um benefício concedido a todos os trabalhadores brasileiros, sendo uma ajuda financeira para famílias de baixa renda, a fim de ajudar nas despesas mensais. 

Trata-se de um complemento ao salário do trabalhador, e não pode substituir sua remuneração mensal. Embora seu valor não seja muito alto, ele ajuda milhares de pessoas ao redor do país.

Confira o que a Lei nº 4.266, de 1963, que deu sua origem, diz:

Art. 1º. O salário-família, instituído por esta lei, será devido, pelas empresas vinculadas à Previdência Social, a todo empregado, como tal definido na Consolidação das Leis do Trabalho, qualquer que seja o valor e a forma de sua remuneração, e na proporção do respectivo número de filhos.

Trata-se de uma ajuda financeira oferecida pelo Governo Federal para que os empregados de baixa renda consigam fazer a manutenção de seus filho. Dessa maneira, é possível proporcionar uma melhor qualidade de vida a eles.

Quem tem direito ao salário-família?

Por mais que seja um auxílio oferecido a todos os empregados brasileiros, é preciso se encaixar a alguns critérios para ter direito ao salário-família. O colaborador deve ter:

  • Filho ou dependente econômico com menos de 14 anos ou com deficiência de qualquer idade.
  • Salário mensal de até  R$1.754,18.
  • Carteira de trabalho assinada;

Dentro destes requisitos, o colaborador pode solicitar o salário-família de acordo com a quantidade de dependentes econômicos.

Além disso, um detalhe importante é que enteados, crianças adotadas ou menores tutelados são considerados dependentes, e, por isso, também garantem o acesso ao salário-família.

Trabalhadores intermitentes recebem salário-família?

Sim, trabalhadores intermitentes recebem salário-família

Uma vez que a assinatura da CTPS é obrigatória para a modalidade e um dos direitos do trabalhador garantido por lei, ele tem acesso ao benefício do salário família. Isto é, desde que cumpra os demais requisitos.

Um detalhe importante é que durante o período de inatividade não é necessário pagar salário-família. Além disso, o valor é proporcional ao tempo de trabalho do empregado em determinada convocação.

Valor do salário-família no emprego intermitente 2023?

O valor do salário-família no emprego intermitente em 2023 é de R$59,82 por filho ou dependente dentro dos critérios do INSS. O teto para recebimento do auxílio também aumentou, passando para R$1.754,18.

Os novos valores foram publicados através da Portaria Interministerial n° 26. Eles passaram a valer desde o dia 1° de janeiro, até o final do ano de 2023. Por isso, o empregador deve realizar as devidas mudanças de valores, caso não tenha feito.

Vale lembrar que o salário-família é um benefício proporcional ao número de dependentes dentro do critério. Então, se o trabalhador intermitente tiver 2 filhos, ele deverá receber o valor

Então, a regra fica:

  • 1 dependente = R$59,82;
  • 2 dependentes = R$119,64;
  • 3 dependentes = R$179,46;
  • 4 dependentes = R$239,28;
  • Assim por diante.

Todos os anos há uma atualização no teto de remuneração e no benefício – o máximo que o trabalhador pode receber para ter acesso ao benefício. Por isso, é importante que a empresa acompanhe frequentemente essas mudanças.

Como fazer o cálculo do salário-família no emprego intermitente?

Por ser um auxílio financeiro que ajuda as famílias de baixa renda a se manter, é muito importante que o empregador saiba como fazer o cálculo do salário-família no emprego intermitente.

O cálculo do salário família para empregados sob contrato de trabalho intermitente em 3 passos simples:

  1. Divida o valor do auxílio pela quantidade total de dias no mês;
  2. Multiplique esse valor pelos dias trabalhados;
  3. Multiplique esse valor pela quantidade de dependentes.

Vamos a um exemplo prático? Suponhamos que um trabalhador intermitente tenha 3 filhos dentro dos critérios do INSS, recebe um salário mínimo por convocação e trabalhou apenas três dias em um mês.

Neste caso, a conta fica:

56,47 ÷ 31 (dias do mês) = 1,82

1,82 x 3 (dias trabalhados) = 5,46

5,46 x 3 (dependentes) = R$16,38

Portanto, o trabalhador intermitente deve receber R$16,38 como salário-família referente aos seus serviços prestados em julho. 

Como solicitar o salário-família?

Caso o trabalhador se enquadre em todos os requisitos, o empregador pode solicitar o salário-família com os seguintes documentos em mãos:

  • Nome completo do dependente;
  • Data de nascimento;
  • RG;
  • CPF, caderneta de vacinação ou equivalente, dos dependentes de até 6 anos de idade;
  • Comprovante de frequência escolar dos dependentes de 7 a 14 anos.

Vale lembrar ele deve ser solicitado todos os anos, com a apresentação dos mesmos documentos para ser renovado.

Como cadastrar o salário-família?

O cadastro do salário-família deve ser feito pelo empregador através da plataforma do eSocial. 

Para isso, basta ir até a aba “empregados” e selecionar o empregador que irá receber o auxílio. Depois, inclua os dependentes e os documentos listados acima, e selecione a opção de salário-família.

Pronto. O salário família de seu empregado intermitente foi cadastrado.

Quem paga o salário-família?

É o empregador quem paga o salário-família do trabalhador intermitente. Por isso, é um de seus deveres mensais caso o empregado o receba.

Além disso, ele deve se atentar e incluir o valor no recibo de pagamento.

Qual a diferença entre salário-família e bolsa-família?

Ambos são rendas complementares para famílias de baixa renda, contudo, são para fins diferentes. Isso porque enquanto o bolsa-família é um benefício assistencial, o salário-família é um benefício previdenciário.

O bolsa-família nasceu em 2003 com o propósito de acabar com a desigualdade no país, e, como resultado, ajudou famílias em situação de extrema pobreza.

Por isso, ele é diferente do salário-família, que é um benefício para empregados registrados, e portanto, possuem um vínculo empregatício.

Como simplificar todos os cálculos no contrato intermitente

Com tantas regras e detalhes para se lembrar em meio à correria do dia a dia, pode ser que o empregador intermitente se sinta sobrecarregado. Em meio ao estresse, pode ser que você cometa erros ou acabe por esquecer alguns deveres, o que pode trazer problemas futuros.

Por isso, que tal contar com uma plataforma que te ajuda em tudo sobre o contrato intermitente?

Essa plataforma é o TIO Digital.

Por isso, TIO faz todos os cálculos mensais e anuais de forma automática para você, sem que seja preciso se preocupar com erros! O TIO calcula salário, férias, rescisão e muitos outros valores que você precisar.

Além disso, o TIO também possui um aplicativo para você fazer a gestão de seus empregados intermitentes da palma da sua mão e em qualquer lugar. Já para os seus trabalhadores, há um aplicativo para o registro de ponto com reconhecimento facial e geolocalização.

O TIO ainda facilita o seu contato com o empregado intermitente, via um chat exclusivo e interativo, e disponibiliza todo o histórico de convocações aceitas e recusadas.

Descubra tudo o que o TIO pode fazer por você e encontre o melhor plano para sua empresa. Entre em contato conosco e agende uma demonstração gratuita com nossos especialistas.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Conteúdos relacionados

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.