É de conhecimento de grande parte das empresas que o trabalho intermitente garante quase todos os direitos trabalhistas aos prestadores de serviço intermitentes.

Contudo volta e meia surgem dúvidas muito pontuais como por exemplo, contrato intermitente garante vale transporte?

Esse questionamento vem a calhar principalmente quando a empresa faz o pagamento do salário intermitente onde fica sem saber se paga ou não o valor referente ao transporte.

Contrato Intermitente Garante Vale Transporte

Direitos trabalhistas

Primeiramente é necessário que o empregador saiba quais direitos trabalhistas são garantidos aos prestadores de serviço intermitente.

De maneira geral o trabalhador tem acesso as férias, 13° salário, seguro contra acidente de trabalho, descanso semanal remunerado ,licença maternidade, horas extras, adicional noturno entre outros.

Contudo esses direitos são concedidos ao trabalhador intermitente mediante a assinatura de carteira e formulação de contrato de trabalho. Se esses documentos não estiverem devidamente preenchidos o trabalhador fica vetado de recebe-los.

Vale transporte no contrato intermitente

Existe muita especulação e dúvidas quanto ao pagamento do vale transporte nesta modalidade de contrato.

Mas em geral regra, assim como os direitos trabalhistas já citados acima o prestador de serviço intermitente tem direito de receber o vale transporte

Acordo de vale transporte

Esclarecido que, sim, o trabalhador intermitente deve receber vale transporte agora a empresa deverá agilizar alguns procedimentos.

O primeiro deles é calcular quanto o funcionário gasta no deslocamento de casa até o trabalho. A empresa deverá se informar com o trabalhador qual é a rota percorrida para chegar ao local de trabalho.

O próximo passo é verificar os ônibus ou linhas de trem e metrô utilizadas pelo trabalhador, assim como os seus devidos valores.

Teste-gratis-tio-digital

A consulta pode ser feita rapidamente no site de prefeituras ou até mesmo nas respectivas empresas de transporte.

Pagamento do vale transporte

Com os valores já acertados a empresa deve fazer o pagamento do vale transporte para o trabalhador intermitente.

Existem duas opções a primeira é fazer o pagamento antes da prestação de serviço, o valor pode ser depositado em uma conta bancária informada pelo trabalhador.

A segunda e comumente utilizada é pagar após o serviço prestado junto com as verbas que o trabalhador deve receber.

Desta forma o prestador de serviço é ressarcido pelo dinheiro gasto e recebe o valor do vale transporte para voltar a sua casa.

A quantia referente ao vale transporte deve estar discriminada no recibo de pagamento, assim como os outros valores que compõe o salário intermitente.

O contrato intermitente garante vale transporte e todos os outros direito trabalhistas previstos em lei. Por isso, o pagamento de cada um destes valores devem estar em dia. Essa é a melhor prática para prevenir multas trabalhistas.

Gerenciamento do Trabalho Intermitente

Atualmente o trabalho intermitente já conta com ferramentas de ótima qualidade para ajudar na tarefa de controlar o ponto dos funcionários.

A Plataforma TIO Digital possui a mais alta tecnologia para registro de ponto, pois tudo é feito através do app com leitura facial do trabalhador. O que proporciona total segurança e precisão para a empresa.

O TIO traz a melhor e mais inovadora tecnologia disponível no mercado para o seu negócio. Venha descobrir como podemos transformar a gestão dos seu trabalhadores intermitentes.

Curtiu o artigo do Blog do TIO Digital? Então assine nossa newsletter e receba gratuitamente os melhores conteúdos sobre o trabalho intermitente.


Kezia Amaro

Produtora de conteúdo no blog TIO Digital. Acadêmica em Publicidade e Propaganda pela Uninove. Especialista em CRO, SEO, Produção de Conteúdo, Blogs Corporativos, Custumer Sucess e E-mail Marketing pela Rock Content.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *