Desde 2017, quando a Reforma Trabalhista foi aprovada e o contrato intermitente posto em prática, as empresas não sabiam ao certo se esse modelo de contrato era válido para sua área. A questão é que ninguém tinha exemplos de trabalho intermitente no atuando no mercado.

Diversos setores podem contratar um trabalhador intermitente, independentemente do porte do negócio. No entanto, é importante estar bem informado sobre as principais características dessa opção de contratação. Veja exemplos intermitente agora. Boa leitura!

Exemplos de Trabalho Intermitente

1. Restaurantes e lanchonetes

A atividade de garçom é um modelo de trabalho intermitente, já que, em vários casos, o trabalhador só desempenha sua função quando o patrão necessita e por um certo período. Contudo, quando o profissional não presta serviço no estabelecimento, é permitido por lei que ele atue em outro local.

2. Unidades de ensino

Uma unidade de ensino também pode contratar colaboradores por meio do contrato intermitente. Por exemplo, para fornecer aos alunos o aprendizado de um novo idioma, mas que não integrará permanentemente a grade curricular normal do estabelecimento, acontecendo apenas se houver o número suficiente de alunos interessados ou demais casos específicos.

3. Empresa alimentícia

A produção de um certo alimento exige um procedimento característico, por exemplo, a composição de um certo produto que só chegará à organização em média de 1 mês. Dessa forma, não existe a necessidade de manter os gastos de um profissional durante o mês sem produção.

Para garantir as competências e habilidades do trabalhador quando o produto estiver disponível, sem atrapalhar que ele adquira uma renda durante o mês parado, o contrato intermitente pode ser feito. Entretanto, é importante alertá-lo sobre o sigilo dos segredos industriais, caso o colaborador vá atuar em empresa concorrente até ser novamente convocado.

4. Estabelecimentos de vendas

Constitui trabalho intermitente nessa situação, a contratação dos serviços de certo profissional em determinado período do dia, alguns dias da semana ou em datas comemorativas, mas que após passado esse tempo não serão mais usados.

5. Companhia metalúrgica

Uma empresa precisa produzir uma peça específica, no entanto, essa atividade exige o conhecimento técnico que os profissionais que compõem o time não têm. Nesse caso, um funcionário qualificado pode ser contratado para atender somente aquela demanda em especial por meio do contrato intermitente.

6. Consultório médico

Outro exemplo é o consultório médico que contrata um oftalmologista, por exemplo, especialmente para os casos em que certos pacientes precisam do atendimento dessa especialidade. Fora desse período, até ser requisitado novamente, o profissional tem a liberdade de atuar como e onde preferir.

Existem outros locais que podem servir como exemplo de trabalho intermitente, como escritórios de advocacia, agências de vigilantes, empregados domésticos, entre outros.

Além dessa informação, é importante que você saiba que existem ferramentas disponíveis no mercado, como a TIO Digital, que auxiliam na gestão desses contratos por meio de várias funcionalidades, como o controle da jornada de trabalho, convocação de funcionários, emissão de recibos de pagamentos, entre outros.

Quer contar com uma plataforma mobile com todos os recursos que seu negócio precisa, de forma simples, segura e digital? Então, entre em contato conosco e conheça nossa solução!

Minuta de Contrato de Trabalho IntermitentePowered by Rock Convert

Kezia Amaro

Produtora de conteúdo no blog TIO Digital. Acadêmica em Publicidade e Propaganda pela Uninove. Especialista em CRO, SEO, Produção de Conteúdo, Blogs Corporativos, Custumer Sucess e E-mail Marketing pela Rock Content.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *