6 Exemplos de trabalho intermitente

Desde a regulamentação do trabalho intermitente em 2017, muitos empregadores optam por contratar esta categoria. Atualmente, existem muitas possibilidades de atuação para este tipo de contrato. Por isso, confira 6 exemplos de trabalho intermitente e suas características.

Primeiramente, a reforma trabalhista regulamentou o trabalho intermitente, conhecido anteriormente como os “bicos”. 

Dessa forma, vários trabalhadores que antes não possuíam direitos trabalhistas e não eram protegidos pela legislação trabalhista, passaram a ter os mesmos benefícios de um trabalhador com contrato regido pela CLT

A partir disso, os empregadores apostaram nos contratos de trabalho intermitentes para atender as demandas sazonais. 

Confira mais sobre o assunto!

O que é trabalho intermitente?

O trabalho intermitente surgiu legalmente em 2017 com a reforma trabalhista, esse modelo consiste em um contrato com períodos de inatividade da prestação de serviços por parte do empregado.

Direitos dos trabalhadores intermitentes

Os trabalhadores intermitentes se assemelham ao do contrato convencional de trabalho. Apenas os benefícios e taxas que se adequem às jornadas de trabalho.

Confira alguns direitos do trabalhador intermitente a seguir:

  • Salário mínimo, ou igual ao de outro funcionário registrado na mesma função;
  • Décimo terceiro;
  • Férias;
  • FGTS;
  • Manter vínculo empregatício com mais de um empregador;
  • Recusar convocações.

6 exemplos de trabalho intermitente

Em primeiro lugar, o trabalho intermitente está previsto na Lei 13.467/2017 e tem diversas categorias, para atender da melhor forma o empregador e o empregado.

Veja a seguir 6 exemplos de trabalho intermitente:

Atendente de loja

O comércio é um dos setores que mais possuem sazonalidade no país, isso porque em datas comemorativas o consumidor brasileiro procura mais essa área.

Por isso, atendentes de loja são profissionais que comumente são contratados de forma intermitente.

Agente de segurança

Além dos atendentes de loja, os agentes de lojas também podem ser contratados de forma intermitente, isso porque a demanda pode variar de acordo com os eventos e necessidades de prestação.

Companhias metalúrgicas

Em primeiro lugar, as companhias metalúrgicas tem sua produção muito ligada à sazonalidade, seja por fatores externos como a economia,  época do ano e muito mais. 

Além disso, existem momentos em que os funcionários das empresas não conseguem resolver,  resultando na contratação de empregados intermitentes.

Empresas alimentícias

Assim como nas companhias metalúrgicas, as empresas alimentícias são sazonais, isso porque alguns alimentos são preparados por fases, fazendo com que não haja necessidade do funcionário trabalhar o mês inteiro.

Por isso, essas empresas se encaixam como um dos exemplos de trabalho intermitentes.

Restaurante e lanchonetes

Além desses, os restaurantes e lanchonetes também contratam garçons, já que são trabalhadores que só desempenham  funções quando são necessárias e por determinado período de tempo.

Agências de Vigilantes

Para finalizar, um dos exemplos de trabalho intermitente são as agências vigilante, isso porque os empregados costumam prestar serviços em eventos esporádicos, exercendo um contrato indeterminado, porém com alternância de períodos.

Porque é importante ter a gestão destes contratos centralizada?

A gestão de contratos é um dos pontos mais importantes para o empregador, uma vez que ela traz mais segurança e confiabilidade tanto para o empregador quanto para o empregado. Além de trazer mais organização e prevenir ações trabalhistas.

Tem mais dúvidas sobre o contrato intermitente?

Saiba um pouco mais sobre esse assunto!

Como o TIO pode ajudar na gestão destes contratos?

Já falamos como é importante centralizar os contratos intermitentes, né?

Além disso, a gestão do contrato intermitente, tão quanto o pagamento das verbas de contrato e datas específicas podem causar confusões para o empregador.

Por isso,  viabilizar  a centralização e a automatização desses contratos é ideal e você pode fazer tudo isso através de uma plataforma especializada em gestão do contrato intermitente.

Conheça o TIO digital, uma plataforma totalmente voltada para gestão das mais diferentes categorias de trabalho intermitente, através dele você pode realizar convocações, emitir recibos e aprender ainda mais sobre a legislação trabalhista.

Confira!

Minuta de Contrato de Trabalho Intermitente

Deixar uma resposta