...

Prazo de Pagamento no Contrato Intermitente: descubra

O prazo para pagamento no contrato intermitente é o fim da convocação, ao se encerrar a prestação de serviços. Contudo, caso o chamado tenha uma duração superior a 1 mês, o contratante deve remunerar o profissional até o 5° dia útil do mês seguinte às atividades.

A descontinuidade das atividades e a flexibilidade nas convocações têm impacto direto sobre o salário do trabalhador intermitente. São diversos encargos incidentes, que alteram o valor bruto e garantem os direitos trabalhistas aos profissionais da área. Além disso, eles são proporcionais ao total de horas de atividade em cada chamado.

Conhecer o prazo de pagamento no contrato intermitente, portanto, é fundamental aos contratantes. Afinal, a remuneração do colaborador intermitente deve ser paga em dia, além de ser entregue junto ao recibo de pagamento. Mas, quais são as datas limites para a remuneração no trabalho intermitente?

Para te ajudar com todos os detalhes do prazo de pagamento no contrato intermitente, o TIO Digital preparou este conteúdo completo para você. Continue conosco até o final e boa leitura.

prazo de pagamento no contrato intermitente
O prazo de pagamento no contrato intermitente é o fim da convocação. Caso o chamado tenha duração superior a um mês, o pagamento deve ocorrer no 5° dia útil posterior à prestação de serviços — Foto: Freepik.

Pagamento do trabalhador intermitente

O salário do trabalhador intermitente é proporcional à quantidade de horas em cada convocação, com a incidência de diversos encargos e tributos sobre o valor inicial:

Portanto, o valor/hora é a base de cálculo para o pagamento do profissional intermitente. A quantia não pode ser inferior aos valores mínimos nacionais, regionais ou estabelecidos por convenção coletiva para determinada categoria profissional. Em 2023, a tabela atualizada é:

RegiãoValores para 2024Valores de 2023Valor/hora atual
NacionalR$ 1.412R$ 1.320,00R$ 6,42/hora
São PauloA definir.R$ 1.550,00R$ 6,71/hora
Rio de JaneiroA definir.R$ 1.320,00R$ 6,00/hora
ParanáR$ 2.017,02 (ainda não oficial)R$ 1.798,60R$ 8,25/hora
Santa CatarinaA definir.R$ 1.521,00R$ 6,91/hora
Rio Grande do SulR$ 1.573,94 (ainda não aprovado pelo governo estadual)R$ 1.443,94R$ 6,56/hora

Ainda, o valor/hora não pode ser inferior ao dos demais profissionais da empresa com mesmo cargo ou função, independente de seu caráter intermitente ou não. A Lei 13.467 determina:

  • O valor/hora da remuneração do trabalhador intermitente não pode ser inferior ao do salário mínimo nacional ou estadual, e também não pode ser menor que o salário dos empregados que trabalham na mesma empresa com mesma função;
  • O empregador deve emitir um recibo ao trabalhador, detalhando os valores pagos a cada serviço prestado.

Prazo de pagamento no contrato intermitente

O prazo de pagamento no contrato intermitente é o fim de cada convocação. Após o encerramento das atividades e do período para o qual foi convocado, o profissional deve receber seu pagamento e o recibo com todas as verbas e encargos incidentes sobre o valor.

Diferente dos contratos no qual o pagamento dá-se todo 5º dia útil, o empregado intermitente deve receber seu pagamento ao final de cada período trabalhado, não importando qual o dia do mês em que isso ocorra.

Então, mesmo que a convocação do empregado intermitente termine no fim do mês, ele deve receber todos os valores corretos e proporcionais ao final da sua prestação de serviços.

Por isso, a empresa deve preparar-se e realizar o planejamento do pagamento de todos os colaboradores intermitentes convocados. Essa tarefa pode ser simplificada com a ajuda de ferramentas de gestão como o TIO, que deixa todos os processos automáticos.

Prazo de pagamento para convocações superiores a 1 mês

Caso a convocação do intermitente seja superior ao período de 1 mês corrido — 30 dias —, o prazo de pagamento é o 5º dia útil após o mês de atividade. A Portaria n° 671, que rege o trabalho intermitente, determina:

Art. 32. Na hipótese de o período de convocação exceder um mês, o pagamento das parcelas a que se referem o § 6º do art. 452-A do Decreto-Lei n.º 5.452, de 1943 — CLT, não poderá ser estipulado por período superior a um mês, e deverão ser pagas até o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado, de acordo com o previsto no § 1º do art. 459 da referida lei.

Por isso, para convocações maiores de 30 dias, o empregador não pode realizar o pagamento ao final da convocação — mas sim no 5° dia útil subsequente.

Como emitir o recibo de pagamento no contrato intermitente?

Emitir o recibo de pagamento no contrato intermitente é uma das maneiras de garantir a transparência do trabalho e comprovar que todos os valores e encargos estão sendo pagos de maneira correta.

Por isso, o documento deve registrar todas as verbas pagas e descontada, além de emitido e assinado em 2 vias para que uma seja entregue ao colaborador. 

As empresas devem atentar-se, pois, mesmo que o período trabalhado seja de apenas um dia ou horas, é necessária a emissão do recibo de pagamento discriminando todas as verbas.

Os empregadores podem emitir o recibo de pagamento manualmente ou utilizar uma plataforma para fazer o cálculo e emissão dos recibos de forma automática.

Você pode se interessar: Cálculo do Recibo do Salário do Empregado Intermitente: como fazer?

Gestão intermitente

O prazo de pagamento no contrato intermitente possui suas próprias regras, e o empregador deve respeitá-las para garantir uma boa relação trabalhista e o cumprimento das determinações legais. Além de considerar os devidos encargos incidentes sobre o salário, é preciso repassar o dinheiro nas datas corretas.

Lembrar-se de tantos detalhes pode ser um tanto complicado, não é? Então, que tal contar com uma ajuda especialista em trabalho intermitente.

Essa plataforma é o TIO Digital.

  • Cadastro de funcionários;
  • Histórico de convocações;
  • Aplicativo para registro de ponto com reconhecimento facial e geolocalização;
  • Chat personalizado e direto para convocação e muito mais.

Venha descobrir o que mais o TIO pode fazer por você, e descubra o plano que melhor se encaixa em sua empresa. Agende uma demonstração gratuita com nossos especialistas e não perca mais tempo.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Conteúdos relacionados

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.